Introdução

Mover a montanha é um desafio da cidadania, um imperativo de consciência e uma forma de participar na vida do país e dos seus problemas. Isentos tanto quanto possível, responsáveis pela palavra dita e escrita sempre, como fio condutor o amor por Portugal.

Aqui se reúnem alguns cidadãos guiados pela grande utopia e empenhados em reflectir e colocar à reflexão dos seus compatriotas o seu pensamento e as suas propostas por um país renovado, soberano, independente e dono dos seus destinos.

Defendemos os valores democráticos da verdade, da responsabilidade, da transparência, da pluralidade e da prestação de contas.

Mover a Montanha não é um destino… é uma direcção…. Porque “ter bons olhos não é ver a montanha mas o que está para alem dela” (1)

 

 

(1) Provérbio russo citado aqui por Boaventura de Sousa Santos